segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

ABAIXA ESSE FOGO...

Andressa acorda e logo coloca o termômetro em Nasser
Nasser- (de olhos fechados) e aí amor?
Dessa- muito bom, já esta quase sem febre.
Nasser- que maravilha.
Dessa- não sei porque comemorar tanto. Saiba que vai continuar tomando os remédios e fazendo o repouso.
Nasser- nossa...como é ruim ficar doente.
Dessa- não fica dizendo isso que eu me sinto culpada
Nasser- deixa de ser bobinha.
Dessa- vou fazer um lanchinho pra gente
Nasser- ummm, que coisa boa
Dessa- me deu vontade de bolinho de arroz.
Nasser- nossa senhora..o melhor bolinho de arroz do mundo.
Dessa- Só que não!
Nasser- só que sim... esse meu amor é a melhor cozinheira do mundo...aliás,melhor cozinheira,melhor parceira,melhor companheira...melhor enfermeira..melhor tudo
Dessa- depois sou eu a boba...deixa eu ir La fazer o bolinho
Nasser- fica mais um pouquinho
Dessa- deixa eu ir logo enquanto estou com coragem.
Nasser- então vai lá vai
Dessa- agora  não quero mais ir
Nasser- Ava...bicho complicado meu Deus
Dessa- (brincando) larga que vai ter fila atrás
Nasser- nunca que eu largo desse bicho bonito
Dessa- nem esse bicho larga de você
Nasser- (a beijando) minha coisa linda
Dessa- fui (levantando)
Nasser- deixa eu te ajudar
Dessa- não...fica aí
Andressa vai preparar os bolinhos de arroz e Nasser fica vendo TV.
Um tempo depois...
Dessa- olha o bolinho
Nasser- que cheirinho bom
Andressa- (sentando ao lado dele) vamos comer.
Nasser- só se for agora
Dessa- ficou bem bom (comendo)
Nasser- põe bom nisso...delicioso amor
Dessa- receitinha da Naty
Nasser- verdade.
Dessa- saudadona da Naty
 
Nasser- é verdade (imitando Natalia)
Dessa- (rindo) imita igualzinho
Nasser- a Naty é muito fácil de imitar.
Dessa- amor,o Eros ta todo esparramado dormindo lá no sofá
Nasser- coisa linda. Não acordou nem com o cheiro do bolinho?
Dessa- não... ta apagadão
Nasser- tadinho
Dessa- coisa mais linda desse mundo
Nasser- amor,já acabou?
Dessa- você comeu tudo
Nasser- eu?
Dessa- sim... eu comi só 3
Nasser- eu comi só um (brincando)
Dessa- então os fantasmas comeram,porque acabou de repente
Nasser- (rindo) é tão bom que eu comi e nem percebi.
Dessa- deixa eu levar isso na cozinha. (levantando)
Nasser- não vai não(puxando ela para si)
Dessa- fica quieto Nasser...vocÊ ta doente
Nasser- eu estou resfriado amor. Isso não me causa nenhuma impotência
Dessa- para com isso Nasser (batendo no braço dele)
Nasser- não vou parar não...de jeito nenhum. (passando a mão nas pernas dela)
Dessa- nem doente abaixa esse fogo
Nasser- faz parte de mim
Eles se beijam apaixonadamente o beijo vai se intensificando e logo Nasser esta sobre Andressa a enchendo de carinhos, passando as mãos por todo o corpo de sua amada e a beijando em cada centímetro de seu corpo.
Dessa- te amo muito meu gordinho
Nasser- eu também te amo muito minha rainha gostosa
Dessa- me faz tua amor... me ama
Nasser- só minha...totalmente minha
Nasser toma a boca de Andressa,dando beijos exploradores e Andressa crava suas unhas nas costas de seu amado,descarregando sobre ele um pouco da adrenalina que percorria seu corpo
Entre muitos beijos e carinhos eles se amam.
Dessa- (deitada no ombro de Nasser) tão bom ficar assim, deitadinha com você
Nasser- eu também amo ficar sentindo o cheirinho do teu cabelo
Dessa- me sinto protegida nos teus braços
Nasser- ( a apertando) que bom.
Eros chega e logo vai subindo na cama...entre os dois
Dessa- ui
Nasser- é o Eros,morto de preguiça
Dessa- vem cá filhotinho
 Nasser- que filhote lindo e preguiçoso (pegando Eros)
Eros lambe Nasser e depois deita os pés de Andressa.
Nasser- família linda essa minha senhor
Dessa- linda mesmo
Nasser- obrigado senhor
Dessa- obrigada amor por ter nos presenteado com nosso pequeninho.
Eles ficam abraçadinhos vendo TV e trocando beijinhos.
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário